Carregando...

Notícias / Secretaria da Saúde garante entrega de fraldas geriátricas a pacientes com necessidades específicas

SESAU - Secretaria de Saúde

voltar

Secretaria da Saúde garante entrega de fraldas geriátricas a pacientes com necessidades específicas

A Secretaria de Saúde de Rio Largo tem cumprido mensalmente a resolução nº 031, de 07 de abril de 2014, da Comissão Intergestores Bipartite com a entrega de fraldas geriátricas aos pacientes atendidos nas unidades básicas de saúde do município ou durante atendimento domiciliar e cadastradas pelas equipes do Programa Saúde da Família (PSF) por serem portadores de doenças crônico-degenerativas, patologias que necessitam de cuidados especiais e incapacidade funcional provisória ou permanente. A entrega das fraldas está sendo feita no galpão do CAF – Central de Abastecimento Farmacêutico, localizado no bairro Prefeito Antônio Lins de Souza
Com recursos próprios, o município está fornecendo desde fevereiro 64 fraldas mensais a cada usuário, beneficiando cerca de 600 pessoas. Na semana passada, chegaram 708 pacotes de fraldas geriátricas do governo do Estado e o programa deve ser retomado para que o benefício seja feito pelo Estado e município, atendendo a resolução bipartite.
“Não recebemos recursos específicos para a aquisição de fraldas e o prefeito Gilberto Gonçalves colocou como prioridade em sua gestão. Os profissionais da saúde verificam a necessidade de os pacientes receberem e o benefício é garantido, sendo administrado pelo CAF. Para sua manutenção, é fundamental que seja feita a renovação do cadastro do paciente com uma reavaliação a cada 90 dias e muitas pessoas não se atentam a isso, porque a situação muda com o tempo. Ainda estamos nos organizando para atender aos pacientes sem fila e com menos tempo de espera, mas todos saem com suas fraldas”, informou o coordenador da Assistência Farmacêutica, Diego Torres de Carvalho.
A assistente social Kaline Sammyra é responsável pelas visitas e o recadastramento e conta que foram detectados vários pacientes recebendo as fraldas sem necessidade de manter o benefício, o que fortalece ainda mais a necessidade do recadastramento. “Os reavaliados, independente do quantitativo em até 120 fraldas por mês, terá o benefício garantido pelo município”, garante Kaline.


06 de Junho de 2017 | Postado por: ASCOM | categoria: SESAU - Secretaria de Saúde
voltar
Top