Carregando...

Notícias / Rio Largo comemora os avanços obtidos com o programa Criança Feliz

SEDSH - Secretaria de Assistência Social e Habitação

voltar

Rio Largo comemora os avanços obtidos com o programa Criança Feliz

Município é um dos contemplados com a expansão do número de usuários

Por meio da Secretaria de Assistência Social, o município de Rio Largo comemorou os avanços obtidos com o programa Criança Feliz, implantado na gestão do prefeito Gilberto Gonçalves em parceria com o governo do Estado.  Atualmente são realizadas 200 visitas domiciliares a crianças com idades entre 0 a 6 anos e gestantes beneficiadas pelo Bolsa Família e pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A partir de janeiro, o número de usuários atendidos vai aumentar para 400, estimulando o desenvolvimento infantil de mais crianças e fortalecendo os vínculos familiares e comunitários. As visitas domiciliares a gestantes são feitas uma vez por mês e à crianças uma vez por semana.

A riolarguense Josilda Maria é mãe da pequena Vitória, usuária do Criança Feliz e que tem encontrado no programa um amparo para que sua filha se desenvolva e reaja diante da paralisia cerebral. Ela representou todos os municípios contemplados ao relatar os benefícios que o programa tem trazido para sua filha. “Estou muito feliz com os resultados. Ela já evoluiu bastante, na fala, ao caminhar e ficando mais esperta. Só tenho a agradecer ao programa e ao empenho da prefeitura de Rio Largo”, completou.  

Presente à solenidade, a secretária municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, Arabela Mendonça, falou do quanto Rio Largo tem se empenhado para que as crianças atendidas evoluam a cada visita dos profissionais.

“Temos avançado e fomos um dos poucos municípios contemplados com a expansão. Isso significa que o governo federal reconhece o nosso trabalho e a qualidade do que está sendo feito. É a prova de que o prefeito Gilberto Gonçalves tem investido em projetos que envolvem melhorias na vida das nossas crianças e adolescentes e para que as gestantes tenham acompanhamento. A fala da mãe da Vitória demonstra que estamos no caminho certo. Com as visitas domiciliares o programa não vai apenas saber como a família está, mas também orientar os responsáveis sobre os cuidadores e como devem lidar com as crianças. Em 2019, pretendemos investir ainda mais na política da criança e do adolescente de Rio Largo”, informou a secretária.  

Kaliny Tavares é a coordenadora estadual do programa e falou do grande impacto na vida e no desenvolvimento das crianças dos municípios alagoanos. “Rio Largo está sendo bem atuante em atender as crianças, inclusive solicitou a ampliação do número de atendidos. É um trabalho em conjunto com o CRAS e a Secretaria de Assistência Social e só contribui positivamente na vida da população. O município está de parabéns”, concluiu a coordenadora.


20 de Dezembro de 2018 | Postado por: ASCOM | categoria: SEDSH - Secretaria de Assistência Social e Habitação
voltar
Top